quinta-feira, 13 de abril de 2017

Nova Levibreton KG 4600 - politriz para chapas de granito.

Linhas de alta produção para o polimento de chapas de granito.
 
LEVIBRETON KG 4600
EXCELÊNCIA NO POLIMENTO DE GRANITO
A linha de polimento de granito Levibreton KG 4600 representa a melhor escolha de investimento para as fábricas que necessitam de altas produções, qualidade excelente e custos de operação e de manutenção baixos e programáveis. Breton foi a primeira a fabricar as máquinas para o polimento contínuo das Chapas de granito, revolucionando o setor.
 
 
Atualmente, graças à sua longa e inigualável experiência, fatores como automação, produtividade, qualidade sem riscos, simplicidade de utilização e manutenção, baixos custos de operação são absolutamente familiares para Breton, que soube implementá-los com perícia na especialíssima Levibreton KG 4600

ELEVADO VALOR DE REVENDA
As Levibreton KG, graças à sua qualidade intrínseca, sua capacidade de permanecer em operação mesmo depois de muitos anos de trabalho, além da disponibilidade de peças de reposição sempre garantida pela Breton, são muito apreciadas no mercado de máquinas usadas e conservam, mesmo depois de muitos anos, um valor de revenda muito elevado (fator Importante nas avaliações de compra para uma nova máquina polidora).

Levibreton KG é um sucesso mundial: até hoje já foram fabricadas mais de 1.300 máquinas, com um grau de satisfação dos clientes que se aproxima aos 100%.
 
Unidades retificadoras e polidoras
Em liga de alumínio anodizado, projetadas para conter o peso e aumentar a rigidez.O sistema de saída/descida é equilibrado, pois é executado por um par de pistões com hastes internas protegidas. 

As cabeças se elevam e se abaixam em frações de segundos, com a elevação sempre mínima em relação à superfície da placa, assegurando o polimento perfeito mesmo nas bordas das placas e com alta velocidade de operação.
Cada cabeça possui um regulador da pressão de trabalho, visualizada em um indicador analógico (como opcional podem ser solicitadas válvulas proporcionais para o gerenciamento dinâmico e automático das pressões de operação de todas as cabeças a partir de um PC).
CABEÇAS ESPECIAIS BRETON
Cabeças com 8 setores oscilantes
As Levibreton KG 4600 possuem por padrão as cabeças Breton mais completas com 8 setores oscilantes com diâmetro de 510 mm, em banho de óleo, mod. SG/8. Sob pedido do cliente podem ser instaladas também as cabeças comuns Breton com 6 setores oscilantes com diâmetro de 460 mm, em banho de óleo, mod. SG/6. 
Derivadas do projeto das cabeças de 6 setores, as cabeças de 8 setores mod. SG/8 emprestam as soluções mecânicas com o dimensionamento adequado para os 8 setores e asseguram as seguintes vantagens: 

MAIOR PRODUÇÃO devido ao número maior de setores em funcionamento (152 setores para uma Levibreton KG 4600 com 19 cabeças SG/8 ao invés de 126 setores para uma polidora com 21 cabeças de 6 setores).

MELHOR UNIFORMIDADE devido ao diâmetro maior (510 mm para as SG/8 ao invés de 460 mm para as cabeças com 6 setores) e ao peso maior (140 kg para as SG8 ao invés de 105 kg para as cabeças com 6 setores) que favorecem a “estabilidade” durante a operação.

MENOR POTÊNCIA INSTALADA (285KW para uma Levibreton KG 4600 com 19 cabeças SG/8 ao invés de 315KW para uma polidora com 21 cabeças de 6 setores).

Pontes
A ponte em aço eletrossoldado possui um perfil retangular especial fechado para conter o peso e aumentar a rigidez. A ponte não deve ser enfraquecida perfurando-a para permitir a passagem das unidades retificadoras, ao invés disso elas são fixadas à ponte e contribuem para aumentar a resistência à flexão. 
Dessa forma o sistema ponte/mandris se torna excepcionalmente dinâmico e ao mesmo tempo rígido permitindo a obtenção de rampas de aceleração/desaceleração muito rápidas.
Motorização da ponte
A transmissão do movimento para a ponte é feita por meio de dois sistemas pinhão/cremalheira, acionados por dois motorredutores fixados nas extremidades da mesma e sincronizados mecanicamente. Os motorredutores são acionados por dois motores sem escovas, comandados por acionamentos especiais, que permitem o movimento senoidal da ponte, além de manter o número de batidas da ponte constante e permitem a variação da largura das placas, tudo para garantir uma qualidade aprimorada e uniformidade de polimento em toda a superfície da placa, incluindo as bordas. O sistema, muito confiável e testado, assegura uma grande dinâmica de movimento sem que as peças mecânicas sejam tensionadas. A velocidade de operação da ponte chega a 70 m/min
Nas fases de redução da velocidade de deslocamento da ponte, devido à utilização de “acionamentos com recuperação de energia”, é gerada uma reversão em rede da energia elétrica gerada pela frenagem, com consequente economia de energia.
 
LEVIBRETON KG 4600: PRÓXIMO À PERFEIÇÃO
Levibreton KG 4600 foi projetada com base na ampla experiência adquirida em mais de 1300 politrizes “Levibreton” vendidas ao redor do mundo, usando as últimas técnicas de projetação.
 
Desdobramento da Função Qualidade - QFDA nova Levibreton KG 4600 criada a partir das necessidades dos Clientes, o que o Cliente realmente espera da máquina ideal.
 
Método dos Elementos Finitos - FEM
Todos os componentes críticos da máquina foram inspecionados mediante o Método de Elementos Finitos (FEM).
Análise do Modo e Efeito de Falha - FMEA 
Cuidado especial foi dedicado à detecção rápida de todos os potenciais defeitos/pontos críticos que podem ocorrem durante a vida útil da máquina, identificando e implementando as apropriadas ações corretivas.
Estrutura de sustentação
A estrutura de sustentação é um monobloco de aço eletrossoldado indeformável, com 12 robustos pés de apoio. A superfície na qual a correia transportadora desliza é de aço fresado de alta espessura em um conjunto único para assegurar a planeza perfeita. A correia transportadora é acionada por um motor sem escovas para um controle da velocidade aprimorado.

Pontos de deslizamento da ponte
Nas extremidades, a ponte é fixada por dois ombros deslizantes sobre pontos robustos de ferro fundido, nos quais estão as pistas de deslizamento grossas, temperadas e retificadas com rolamentos de rolos com diâmetro grande em banho de óleo

e micropinhão antideslocamento. As pistas são protegidas por um cárter tipo labirinto em aço inox.
Leitura do perfil e espessura das placas
Um leitor de barreira fotoelétrica faz a leitura do formato das placas, com resolução de 10 x 10 mm, enquanto que um sensor sonar faz a leitura da espessura. O sistema permite processar placas com superfície polida (como placas já polidas ou resinadas). O sistema comanda a intervenção automática das cabeças, o ajuste do curso da ponte de acordo com a largura das placas e o posicionamento automático das barreiras antirrespingos / amortecedoras de som dianteiras nos mandris, em função da espessura das placas.
 
Sistema de água
A distribuição de água nas cabeças é feita por meio de uma tubulação comum de grande diâmetro em PVC fixada rigidamente atrás dos mandris e ligada aos próprios mandris por meio de tubos flexíveis de borracha. Um sistema engenhoso desvia a água na parte externa do corpo do mandril no caso de superalimentação ou obstrução dos dutos para evitar que o excesso de água entre em contato com as peças internas do corpo do mandril.
 

Controle automático do consumo de abrasivos
O sistema verifica continuamente o consumo de abrasivos de cada cabeça e envia mensagens de vídeo e de pré-alarme antes que a ferramenta termine completamente. Garante também a elevação mínima das cabeças na entrada/saída das placas e sucessiva descida rápida permitindo assim um polimento melhor das bordas e maior velocidade de operação.
 
Instalação elétrica / eletrônica
A instalação elétrica/eletrônica é conectada por meio da técnica “barramento de campo” que, por meio de um cabo, leva todos os sinais do PC às várias centrais na máquina, com transmissão digital dos sinais. A transmissão dos sinais é segura e a identificação de eventuais problemas é muito simples. 
A ligação elétrica entre a parte fixa da máquina e a ponte móvel é feita por meio de um sistema de proteções paralelas, garantia de segurança e longa vida útil para os cabos. 
Todos os aparelhos elétricos/eletrônicos incluindo o PC são de importantes fabricantes globais, sendo que o usuário tem a liberdade de obter assistência técnica e peças de reposição diretamente do fabricante em praticamente qualquer lugar do mundo.

Lubrificação satélite 
Todos os satélites Breton funcionam em um sistema de lubrificação por banho de óleo, portanto minimizando o desgaste das partes mecânicas. Cada satélite rotatório contém a quantidade necessária de óleo.


Lubrificação automática centralizada
Um sistema centralizado composto essencialmente de um reservatório para a graxa, uma bomba com sistema duplo de filtragem micrométrica, distribuidores progressivos e tubulações para alta pressão fornece a lubrificação automática dos mandris e dos pontos relevantes das peças móveis da máquina. Sensores de pressão sinalizam anomalias no sistema para facilitar a identificação de eventuais obstruções no circuito. 


Limpeza das chapas
Uma barreira de borracha na saída remove a água da superfície das chapas. Um mandril fixado à ponte com comando pneumático, com escova, faz a limpeza automática das chapas após o polimento durante a passagem destas.
 

Proteções contra acidentes amortecedoras de ruídos
Em posição alta ergonômica e segura, correspondente a cada mandril, encontra-se o regulador da pressão de trabalho, visualizada no manômetro analógico (como opcional sob pedido podem ser fornecidos seletores manuais de elevação/abaixamento para cada cabeça). 
Os painéis dianteiros deslizantes de proteção contra acidentes e amortecedores de ruídos são formados por um sanduiche da ABS e poliuretano. As proteções contra borrifos amortecedoras de ruídos com estrutura tipo sanduiche de aço inox estão instaladas na ponte na frente das cabeças niveladas com a placa, e possuem posicionamento vertical motorizado automático para se adaptarem à espessura das chapas e para a elevação para troca do abrasivo.

Gerenciamento e programação
A tela touch-screen colorida e o software de operação avançado e amigável permitem gerenciar as funções principais da operação, entre as quais: 
• possibilidade de memorização (e recuperação) de vários programas de operação para os diversos tipos de materiais
• velocidade da correia e sincronização de toda a linha, incluindo carregadores e rolos de conexão
• movimento da ponte (velocidade, programação personalizada das rampas de aceleração e desaceleração)
• correção do deslizamento para trás na correia antideslizamento de chapas curvadas mal serradas, para uma chapa ou para um pacote de chapas
• controle contínuo e automático do consumo de abrasivos de cada cabeça, com mensagens de vídeo e de pré-alarme antes que a ferramenta termine completamente
• possibilidade de “excluir” todas, algumas ou apenas uma chapa em operação, ou mesmo apenas uma parte de uma chapa (parte inicial, parte final, canto) em operação.
 



Telediagnóstico
A Levibreton KG 4600 possui um software avançado de teleassistência (com conexão prévia com Breton via internet) que permite o diagnóstico à distância dos eventuais problemas técnicos evitando a intervenção da assistência técnica no local com consequente economia de custos e tempos para o usuário. 

Estatísticas e programação da manutenção
O PC permite coletar e organizar os dados de produção e de consumo como, por exemplo:
• estatísticas de produção (metros quadrados produzidos parciais, por pedido, por turno, progressivos, totais);
• estatísticas de consumo (metros quadrados produzidos com a ferramenta em operação, metros quadrados produzidos com a última ferramenta substituída ...);
• índice de disponibilidade da máquina (tempo de máquina ligada, tempo de máquina em operação, tempo de máquina em alarme ...);
• estatísticas dos alarmes ocorridos;
• programação da manutenção com alarme na tela na data de vencimento dos intervalos de manutenção preventiva
.

Dados técnicos

Se está interessado em receber uma oferta, escreva-nos já a mail@breton.it e contestar-lhe-emos em seguida.
Obrigado pela atenção.
Até breve!
Bye-bye
Sergio Prior

0 comentários:

Enviar um comentário